Entenda como os brasileiros utilizam o cartão de crédito

Postado em 12/19/2022 09:44:02 - Por Thiago Monteiro

Segundo estudo feito pelo SPC Brasil, 53% dos entrevistados possuem cartão com uma média de quase dois por pessoa. Desse total, quase metade (47%) parcelam as compras com esse meio de pagamento pelo menos uma vez ao mês, principalmente no caso de roupas (48%), calçados (44%) e eletrodomésticos (44%).

Já um levantamento feito pela Serasa eCred, apontou que o uso de cartão de crédito para controle das finanças dos brasileiros é tão relevante que 29% dos entrevistados têm cinco ou mais cartões de crédito, 18% afirmaram ter quatro cartões, 23% têm três cartões e 21% têm dois. Apenas 9% dos entrevistados apontaram sustentam sua vida financeira com apenas um cartão de crédito.

Outro balanço feito pela Abecs apontou que os pagamentos realizados com cartões de crédito registraram um crescimento de 42,4% no primeiro trimestre de 2022, em comparação com o mesmo período de 2021.

Os dados apresentados são de suma importância para os empreendedores digitais, já que o balanço da Abecs destacou que as compras realizadas pela internet tiveram alta de 35,2% no primeiro trimestre deste ano, com relação ao mesmo período de 2021. Ao todo foram R$ 162,4 bilhões movimentados no e-commerce pagos com cartão, deste total, R$ 157,9 bilhões foram pagos com cartão de crédito, o que representa uma alta de 35,4%.

Perfil de consumo

De acordo com a pesquisa da Serasa eCred que ouviu 3.751 pessoas, 34% dos entrevistados normalmente efetuam compras de supermercado e alimentação através do cartão de crédito. Também foi levantado que 15% dos entrevistados utilizam o cartão de crédito para compras realizadas em farmácias, 14% em compras de eletrodomésticos, 11% de roupas, 10% em viagens e 10% em móveis. Outro ponto interessante no levantamento é que 6% realizam pagamento de boletos com cartão de crédito.

Ainda sobre os pagamentos com cartões de crédito, a Abecs destacou que houve um crescimento 42,4% no primeiro trimestre do ano em comparação com o período de janeiro a março de 2021.

Uso do cartão de crédito demanda atenção de empreendedores e consumidores

O crescimento do uso de cartão de crédito pelos consumidores e claro por lojistas é um fator que aquece a economia e amplia o poder de compra, contudo, alguns cuidados devem ser tomados, já que a administração financeira de empresas e famílias dependem do uso consciente do crédito disponibilizado.

Pontos como anuidade, benefícios, taxas e parcelamento de faturas devem ser observados com cuidado por consumidores e empreendedores que usam o cartão de crédito para terem maior poder de compra, na busca por qualidade de vida e expansão do negócio.

Juros do cartão de crédito

O principal ponto a ser observado é a taxa de juros. Apesar de não parecer, o uso do cartão de forma indevida, e com parcelamentos sem programação e planejamento financeiro pode causar transtornos, tanto para saúde financeira de uma família como de um empreendimento.

A ampliação do poder de compra com o cartão de crédito, ao superar a receita familiar, se assemelha ao pagamento de um empréstimo, e efetivamente haverá juros pagos ao banco pela inadimplência (total ou parcial) ou parcelar essas compras.

É importante aqui também destacar que a maior parte dos cartões só cobram juros caso a fatura não seja paga integralmente, porém, devemos também lembrar que inúmeras empresas aplicam taxas sobre a venda por parcelamentos e compras no crédito mesmo que sejam feitas à vista, já que o recebimento do valor normalmente não ocorre em tempo real, e pela maioria dos Gateways de pagamento e bancos são cobradas taxas referente ao adiantamento do valor do cartão de crédito para os lojistas.

De forma bem prática o que ocorre com os juros é uma aplicação de uma taxa sobre o valor que você efetuou a compra. Sendo assim, a administradora do cartão irá multiplicar a fatura por uma taxa de juros diária, adicionando este valor ao débito.

Seguindo o raciocínio acima, se a fatura de cartão de crédito for de R$ 10 mil, e apenas R$ 4 mil deste montante foram pagos, será aplicado à taxa de juros (que varia de operadora, banco e cartão), sobre os R$ 6 mil que ficaram em aberto, o que irá aumentar a dívida.

Benefícios

Mas não só de dívidas e problemas está embasado neste artigo. A ampliação do poder de compra e administração das finanças através do cartão de crédito podem trazer, inclusive, benefícios distintos que devem ser observados na aquisição do cartão.

A começar, o cliente deve analisar quais são as anuidades e taxas de juros aplicadas para o cartão de crédito, já que existem dentro da mesma instituição bancária diversos modelos de cartão, que tem até mesmo anuidade zero e taxas mais baixas.

Outro ponto interessante que deve ser observado é o acúmulo de milhas e pontos, já que muitos cartões e bancos disponibilizam esses benefícios para uma somatória que possibilita resgate em forma de produtos, descontos e até mesmo passagens aéreas e combustíveis gratuitos, isso de acordo com o saldo obtido com o consumo do cartão ao longo do tempo.

Por fim, o Cashback (dinheiro de volta). Se muitos têm problemas com o uso do cartão de crédito devido aos juros, outros colhem frutos em forma de $$. Alguns cartões e bancos viabilizam o Cashback que é na verdade um retorno em dinheiro, pela utilização do cartão de crédito e por meio desse valor, os consumidores podem efetuar outras compras e até mesmo sacar a quantia em moeda, de acordo com a forma aplicada pela loja, operadora e banco.

Receba mais conteúdos

Conheça o autor

Thiago Monteiro

Thiago Monteiro

Formado em Comunicação Social/Jornalismo há 14 anos, o redator da InfoPay afirma que duas coisas movem sua vida e trajetória profissional: "literalmente vivo em função de minha família e a paixão pelo Jornalismo"